Librelato

Motorista profissional tem até 12 de maio para fazer o exame toxicológico intermediário

19/04/2021 Notícias do mundo
Curtiu?  

O novo Código de Trânsito Brasileiro passou a punir motoristas que não realizem o exame toxicológico a cada dois anos e meio, o chamado exame intermediário. Ele é exigido desde a criação do exame toxicológico, em 2015, mas não havia punição para quem não realizasse o exame no tempo previsto.

Agora, o motorista que não fizer o exame no tempo correto, comete infração gravíssima, com 7 pontos na CNH, suspensão do direito de dirigir por 90 dias, com multa de R$ 1.467,35. Ele precisará passar por reciclagem e fazer novo exame, e só poderá dirigir novamente após ter o exame incluído no RENACH.

Para o motorista profissional, que Exerce Atividade Remunerada, e não comprove a renovação do exame toxicológico a cada dois anos e meio no momento da renovação da CNH, a penalidade será uma multa administrativa, com as mesmas punições citadas acima. Isso acontece mesmo que o motorista não esteja trabalhando como motorista profissional, e mesmo sem ter sido flagrado dirigindo no período.

Para que os motoristas possam regularizar o exame, se o último toxicológico foi realizado antes de outubro de 2018, o Contran deu o prazo de 30 dias, terminando em 12 de maio. Apesar do tempo extra, a exigência poderá criar uma corrida aos pontos de coleta do exame, mesmo em meio à pandemia.

Quando fazer o exame toxicológico

O exame toxicológico passa a ser exigido agora para a obtenção e renovação da carteira de motorista, no ato da contratação e demissão de empresa, esses custeados pelo empregador, e também nos intervalos de dois anos e meio, independente da data de validade da CNH.

Após a realização do exame, os dados são incluídos automaticamente no prontuário da CNH do motorista, por meio do Registro Nacional de Condutores Habilitados.

Como saber se o meu exame já venceu

A data de validade do exame toxicológico pode ser conferida pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito, que pode ser baixada na loja do seu celular ou pelo link https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.serpro.cnhe&hl=pt_BR&gl=US. Fique atento para baixar o aplicativo correto, que mostra o Governo do Brasil como desenvolvedor.

Após o cadastro, a CNH do motorista fica disponível no celular, e, na quarta tela, após imagem do documento e QR Code, aparece a data de validade do exame, conforme imagem acima. Neste caso, como o exame foi realizado em outubro de 2020, a validade ficou para abril de 2023.

O exame vencido é aquele realizado antes de outubro de 2018, que precisa ser renovado imediatamente.

Para mais informações, acesse: https://bit.ly/3tm2PxV

Conheça nossos
implementos rodoviários

Fale com nossos representantes
Alerta de cookies

Nós utilizamos cookies – incluindo cookies de terceiros - para coletar informações sobre como os visitantes utilizam o nosso site. Eles nos ajudam a oferecer a melhor experiência possível aos nossos usuários, a melhorar constantemente o nosso site e a fornecer melhor navegação com os seus interesses. Se continuar a navegação, você concorda com a utilização destes cookies.

Ver nossa Política de Privacidade e Termos de uso.