NOTÍCIAS

Confira as últimas notícias Librelato

20.11.2020

Saiba como manter uma boa direção em condições climáticas adversas

O transporte rodoviário é um dos maiores responsáveis pelos deslocamentos de cargas que é realizado no Brasil, passado por diversas estradas e rodovias diariamente.

No entanto, muitas dessas vias não possuem as condições adequadas para os caminhões. Por isso, ver e entender algumas dicas de direção e saber como agir diante de alguma adversidade é uma atitude importante para a segurança nas estradas.

A direção defensiva nada mais é que um conjunto de procedimentos focados na prevenção e redução das consequências dos acidentes de trânsito.

Por isso, quando falamos sobre ela nos referimos diretamente aos próprios meios de prevenção aos acidentes nas estradas. Vamos entender a influência da direção defensiva na segurança dos motoristas:

Impactos sobre a direção

Alguns fatores podem influenciar a experiência de um motorista de caminhão. O clima, por exemplo, tem potencial para modificar completamente a dirigibilidade do condutor.

Os “perigos naturais” podem ir desde raios e trovões em chuvas torrenciais até ventos e a neblina, uma verdadeira inimiga dos que se aventuram pelas vias brasileiras.

Possuir conhecimento dessas variações ajuda o motorista a manter a calma ao se deparar com elas, além de entender a forma mais adequada de agir diante de cada uma delas.

 

Condições climáticas no trânsito

As chuvas fortes costumam gerar alguns problemas. Além de reduzir muito a visibilidade e deixar a pista extremamente escorregadia, os alagamentos não devem ser subestimados nunca.

Além disso, os ventos também impactam bastante os motoristas. Com eles, a queda de árvores é comum e pode ser um inconveniente até mesmo para os caminhoneiros mais experientes.

A neblina, muito presente em serras, também pode ser prejudicial para muitos motoristas. Afinal, dirigir com a visão quase que tampada por uma fumaça branca é perigoso demais, não é mesmo? Confira algumas dicas para evitar qualquer problema e realizar um transporte seguro e confiável diante das condições listadas acima e alguma outra eventualidade.

Mantenha o farol ligado

Ao dirigir um caminhão carregado na chuva ou com condições adversas de clima é extremamente necessário manter o farol ligado. Dessa forma, outros motoristas poderão identificar você e as chances de um acidente serão menores.

Mantenha as duas mãos no volante

O ato de dirigir com uma ou nenhuma mão no volante é uma infração de trânsito, pois além de gerar riscos à saúde do próprio caminhoneiro, ele também está colocando a vida de outros motoristas em risco. O tempo de reação é muito maior caso a postura ao volante não seja a adequada.

Cuidado com os pneus

O excesso de água na pista pode provocar a hidroplanagem, fenômeno em que o pneu do caminhão não consegue ter o atrito correto com o asfalto para ter a estabilidade. Nessas condições, o motorista necessita ter muita calma e atenção com as estradas, reduzir sua velocidade, manter distância dos veículos e olhar o retrovisor.

Porém, em um último caso, é desnecessário se expor a altos riscos. Vale a pena saber o momento de realizar uma parada e esperar que as condições climáticas melhorem. Afinal, não vale a pena oferecer um perigo desse tipo para você mesmo e para suas cargas.

Atenção com neblinas

A neblina apresenta um grande perigo para o motorista. Com o intuito de lhe ajudar com esse fenômeno que muitas vezes é encarado por um caminhoneiro, separamos algumas dicas importantes. Confira:

  • reduzir a velocidade;
  • ligar o farol baixo;
  • evitar o farol alto;
  • manter a atenção nas faixas da pista;
  • não parar no acostamento;
  • manter distância para os veículos na frente e atrás;
  • ligar o sistema de ventilação de dentro do caminhão;

As dicas podem ajudar, porém, se a neblina estiver muito forte, vale a pena fazer uma parada em um posto de gasolina e esperar que o tempo melhore.

Todos esses tópicos podem ajudar a evitar quaisquer possíveis acidentes e garantir uma viagem mais segura e confortável. Devemos sempre lembrar que, em último caso, é melhor estacionar o caminhão e continuar o deslocamento no dia seguinte ou após aquela condição adversa.

Para mais informações, acesse: https://bit.ly/2UmkCFa